O mundo globalizado pede aptidão no idioma e algumas atividades podem ajudar a conseguir desenvoltura.

Já sentiu que o mundo globalizado clama para que você aprenda inglês? Muito mais do que se familiarizar com a língua, desenvolver fluência no idioma é cada vez mais necessário para conseguir boas oportunidades no mercado de trabalho, no ambiente acadêmico e até nos meios sociais. 

 

De acordo com uma pesquisa feita pelo British Council, em parceria com o Instituto de Pesquisa Data Popular, apenas 1% da população brasileira é fluente em inglês

 

Essa realidade cria uma lacuna entre a oferta e a procura de oportunidades de trabalho no país, por exemplo. 

 

Para ser fluente em uma língua diferente da materna é preciso dedicação e constância. Aqui se aplica facilmente a máxima de que “a prática leva à perfeição”. 

 

Além de estudar, fazer cursos e praticar inglês com o apoio de professores ao longo desse percurso, algumas atividades são essenciais para fixar, treinar e aprimorar as habilidades de fala, escrita, audição e pronúncia. 

 

Pensando nisso, reunimos cinco dicas para você se tornar fluente em inglês. Quer descobrir quais são elas? 

 

Continue a leitura e aproveite! 

1. Tenha contato diário com a língua

 

Estar em contato diário com o inglês é fundamental para aumentar o conhecimento no idioma e tornar-se fluente. 

 

É preciso exercitar, ler, falar, ouvir e escrever em inglês todos os dias. A constância é elemento chave, lembra? Portanto, crie alguns hábitos como:

 

  • Ouvir músicas em inglês;
  • Assistir filmes e séries no idioma;
  • Ouvir podcasts;
  • Configurar o celular e redes sociais para a língua inglesa;
  • Associar palavras a imagens e repetir tudo aquilo que se escuta. 

 

Essas são maneiras de manter-se conectado ao inglês de maneira dinâmica. Dessa forma, é possível se relacionar com a língua automaticamente, se familiarizando com diferentes palavras e expressões novas. 

 

2. Divirta-se enquanto estuda inglês

 

Aprender inglês e alcançar a tão sonhada fluência não devem ser tarefas chatas. Divertir-se enquanto estuda é uma das dicas mais importantes, pois torna o ato de praticar inglês mais natural e prazeroso. 

 

Para obter um resultado rápido e consistente, é elementar buscar atividades fora do ambiente da sala de aula. Isso porque, ao trabalhar temas de seu interesse, o aluno ganha desenvoltura para o processo. Fique de olho nesses três fatores:

 

  1. Descubra o seu estilo de estudo, para que o caminho seja leve. Há quem se beneficie mais das aulas de inglês on-line do que das presenciais, por exemplo;
  2. Faça uso de meios lúdicos, como jogos de tabuleiro e video games;
  3. Maratone séries com diferentes temáticas para ampliar vocabulário.

 

3. Leia em voz alta

Já parou para pensar que ler também é uma forma de aprimorar a fluência em inglês? 

 

Melhor ainda é praticar o reading em voz alta! Praticar inglês dessa forma é uma maneira de treinar a pronúncia das palavras, identificar como é o seu sotaque no idioma e corrigir expressões nas quais você tem mais dificuldade. Pratique com:

 

  • Livros;
  • Jornais;
  • Revistas;
  • Blogs;
  • Artigos na internet;
  • Músicas internacionais (isso mesmo, cante!);
  • Sites de notícias. 

 

Escolha os materiais com autores e assuntos dos quais você mais gosta. Pratique diariamente ou nos momentos que conseguir um tempinho. 

4. Converse em inglês

Conversar em inglês é uma das maneiras mais eficientes para melhorar a fluência no idioma. 

 

Muitos estudantes ficam resistentes quanto a essa prática, seja por vergonha, medo, desânimo ou, até mesmo, falta de alguém para dialogar. 

 

Por isso, uma dica é recorrer a aplicativos e sites que reúnem pessoas de diferentes países para aprender e conversar em uma nova língua. 

 

Entretenimento, música, política e cultura são apenas alguns exemplos dos diversos assuntos e possibilidades que podem surgir a partir dessa troca de experiências

5. Não tenha medo

 

O medo e a vergonha são uns dos principais motivos que atrasam e atrapalham a sua evolução. O fator psicológico pode ser uma barreira  para aprender inglês

 

Para vencê-las, tenha em mente que todo mundo pode ter dificuldades ou errar em alguns momentos. O mais importante é praticar, corrigir falhas e aprender se divertindo

 

Alguns alunos ficam com receio do seu sotaque, por exemplo, mas essa não deve ser a preocupação principal, mas sim a pronúncia correta das palavras. Portanto, pratique! Se quiser entender melhor como fazer isso, leia o nosso post com dicas para treinar o inglês em casa

 

Bons estudos!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Nosso site utiliza cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes para oferecer a você uma melhor experiencia ao navegar.
Chat
1
Podemos ajudar?
Podemos ajudar?